Jovens do coletivo “Juventudes Comunicadoras da Resistência”, do Pará, lançaram sete produções audiovisuais com objetivo de apresentar seus territórios, os modos de vida e conflitos gerados pelos megaempreendimentos como portos, ferrovia e lixão.

Jovens do coletivo “Juventudes Comunicadoras da Resistência”, do Pará, lançaram sete produções audiovisuais com objetivo de apresentar seus territórios, os modos de vida e conflitos gerados pelos megaempreendimentos como portos, ferrovia e lixão.